Notícias

Lançamento da revista de cultura libertária A IDEIA

1 de Fevereiro de 2020

Nos 100 anos da celebração da escrita automática de André Breton, um olhar nostálgico sobre o automatismo psíquico que «libertou», nos prodigiosos anos 20 do século passado, a escrita e as outras artes de todos os constrangimentos formais, inspirando o inusitado, o novo – o surrealismo, por exemplo. Um dossiê central para este número de A IDEIA nº 87/88/89 que António Cândido Franco e o seu coletivo de cultura libertária deram a conhecer no Museu do Aljube.