Corpus Christi S.A., de António Faria

15 de Outubro de 2019 - 18h30
Auditório do Museu do Aljube
Capa do ivro.
Capa do livro.

António Faria, preso na Cadeia do Aljube em 1963, mergulha com esta peça de teatro nos dramas pessoais, religiosos e políticos de personagens diante de um país em mudança.

Corpus Christi S. A é uma fábrica de urnas funerárias que fornece as Forças Armadas durante a guerra colonial e que, para sobreviver, entrou «naquele armazém de estropiados de guerra».

Apresentação de
Hélder Costa

Chiado Books, junho 2019

Inscrições obrigatórias e mediante os lugares existentes.

Outros eventos

Inauguração Exposição Temporária – Augusta Conchiglia nos Trilhos da Frente Leste – Imagens (e Sons) da Luta de Libertação em Angola
Com curadoria de Maria do Carmo Piçarra e José da Costa Ramos, Augusta Conchiglia nos Trilhos da Frente Leste - Imagens (e Sons) da Luta de Libertação em Angola apresenta imagens do primeiro álbum fotográfico da autoria de alguém exterior às lutas de libertação africanas e imagens inéditas, recuperadas nos arquivos da autora.
22 de Julho de 2021 - 12h00
Visita Orientada à Exposição Temporária Mulheres e Resistência – “Novas Cartas Portuguesas” e outras lutas
Dia 21 de julho, às 16h30 e às 18h30 duas visitas orientadas com as curadoras Rita Rato e Joana Alves | Entrada Gratuita | Inscrição para inscricoes@museudoaljube.pt
21 de Julho de 2021 - 16h30
Apresentação do Livro “Elas estiveram nas prisões do fascismo”
Inscrição obrigatória: inscricoes@museudoaljube.pt | Sujeita a lotação
20 de Julho de 2021 - 18h30
Visita Orientada Mensal
Inscrições para o e-mail: inscricoes@museudoaljube.pt | Duração: 60 min | Inscrição gratuita
17 de Julho de 2021 - 15h00