Arlindo Vicente

Arlindo Vicente

05 Março 2021

“Fui conduzido a um corredor onde havia uma parede longa com uma série de portas, metro a metro. (…) Aberta uma das portas, deparei com outra porta e a seguir um buraco, nele um catre, coberto com uma serapilheira e duas mantas. Ao lado um escarrador sobre uma “banqueta” e um púcaro de alumínio para a água. O buraco não tinha luz. Esta vinha da parte exterior quando se abria a porta, o que acontecia para ir à retrete ou quando se almoçava ou jantava. (…) dão uma angustiosa sensação de asfixia e desespero (…) a sensação de afronta humana é perfeitamente conseguida.”

A descrição é dos curros do Aljube e foi feita por Arlindo Vicente.

Consta de uma carta que escreveu já a partir de Caxias, em 1962, ao Juiz Corregedor do 1.º Juízo Criminal de Lisboa.

Advogado e artista plástico, candidato a Presidente da República pela Oposição Democrática em 1958, desistindo em favor de Humberto Delgado, Arlindo Vicente nasceu #nestedia 5 de março, no ano de 1906.

Imagens:

  1. Sem Título, 1936, Inv. DP1254 Fundação Calouste Gulbenkian
  2. Capa de “Maria do Mar”, livro de Eduardo Brazão Filho, com ilustrações de Arlindo Vicente, 1928

Atualidade

Soeiro Pereira Gomes
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
14 de Abril de 2021
III Congresso da Oposição Democrática, em Aveiro
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
4 de Abril de 2021
Dia Nacional da Juventude
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
28 de Março de 2021