Patrulhamento na zona da “Pedra Verde”. Fonte: Arquivo Histórico Militar, Arquivo fotográfico da guerra em Angola – Espólio do fotógrafo Manuel da Graça e Costa

Massacres da União dos Povos de Angola (UPA)

15 Março 2021

#Nestedia 15 de março, aconteciam os massacres da União dos Povos de Angola (UPA), no Norte de Angola. A violência dos acontecimentos, com ataques a povoações e fazendas de colonos, mutilação de corpos de homens, mulheres, crianças e bebés, brancos e negros, foi aterradora. Salazar tinha agora razões para responder aos pedidos da administração colonial e enviar finalmente tropas para Angola. Os portugueses foram surpreendidos pelos acontecimentos. A instabilidade era crescente, à revolta da Baixa do Cassanje ( bit.ly/3tq1pSJ ) em janeiro de 1961 a Força Aérea respondeu arrasando 17 aldeias com recurso ao napalm e originando milhares de vítimas. O acontecimento foi silenciado pelo regime. A 4 de fevereiro o assalto às cadeias de Luanda ( bit.ly/3cweWBp ), para libertação dos presos políticos, marcava o início da luta pela independência, agora o 15 de março marcaria o início da guerra colonial, que se arrastaria até ao 25 de Abril de 1974.

Desembarque das tropas coloniais em Luanda, 1962. ©Casa Comum, Arquivo Fundação Mário Soares e Maria Barroso

Atualidade

Agostinho Neto
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
17 de Setembro de 2021
Amílcar Lopes Cabral
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
12 de Setembro de 2021
Revolta dos Marinheiros de 1936
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
8 de Setembro de 2021