Artigo na imprensa espanhola sobre a participação dos “Viriatos” na Guerra Civil de Espanha; ©News Museum Lisboa Sintra.

Pacto Ibérico

17 Março 2021

#nestedia 17 de março 1939, Salazar e Franco assinavam o Pacto Ibérico, a poucos dias da tomada de Madrid pelos franquistas. A vitória da Frente Popular, formada por republicanos de esquerda, socialistas, comunistas, trotsquistas e sindicalistas, havia sido contestada, desde a primeira hora, pelo General Franco.  

Sem nunca ter sido reconhecido publicamente, os ”Viriatos”, um corpo de milícias portuguesas organizado pelo Major Jorge Botelho Moniz (um dos militares do 28 de Maio de 1926), participaram na Guerra Civil de Espanha apoiando as forças franquistas. Estimam-se, números não oficiais, que terão sido cerca de 20.000 homens. Para além deste apoio, outras ações de colaboração foram desenvolvidas entre Salazar e Franco, a permissão de entrada de armamento pelos portos portugueses, a colaboração das polícias e da PIDE na perseguição e entrega de refugiados e republicanos; a utilização da emissão da Rádio Clube Português, fundada por Botelho Moniz, para encorajamento das forças franquistas.  

O Pacto Ibérico consumava estas relações estreitas de apoio e colaboração entre as duas ditaduras, meses antes do eclodir da Segunda Guerra Mundial.  

Atualidade

Agostinho Neto
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
17 de Setembro de 2021
Amílcar Lopes Cabral
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
12 de Setembro de 2021
Revolta dos Marinheiros de 1936
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
8 de Setembro de 2021