Esquadrão da GNR em demonstração de força na praia do Barreiro © Augusto Cabrita - Fotografia incluída na obra “Augusto Cabrita – Na outra Margem O Barreiro Anos 40-60”, ed. CUF, SGPS,SA, Grupo José de Mello, Lisboa, 1999, pg. 147

Movimentos grevistas de 1943

27 Julho 2021

#nestedia 26 de julho de 1943 tem início o movimento grevista que em Lisboa, Almada, Barreiro, Seixal, Amora e outros pontos do país abrangerá, segundo o PCP, seu organizador, cerca de 50 mil trabalhadores. As principais exigências têm a ver com aumentos de salários, maiores quantidades de géneros essenciais, “Paz, pão, liberdade e trabalho”. O Governo ameaça com o despedimento dos grevistas que não queiram retomar o trabalho, ocorrem confrontos violento com as forças policiais, algumas fábricas são encerradas e efetuadas muitas prisões.

Imagem: Notícia do Jornal Avante! sobre o movimento grevista de julho de 1943 na CUF, Barreiro © GES-PCP

Atualidade

Operação Vagô
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
10 de Novembro de 2021
Álvaro Cunhal
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
10 de Novembro de 2021
As Brigadas Revolucionárias realizaram a sua primeira ação armada
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
7 de Novembro de 2021