Primeira ação da Acção Revolucionária Armada (ARA)

26 Outubro 2021

A Acção Revolucionária Armada (ARA) foi o braço armado do Partido Comunista Português que esteve em atividade entre 1970 a 1973, com o objetivo de lutar contra a guerra colonial, derrubar a ditadura e conquistar a liberdade. Foi #nestedia 26 de outubro de 1970 que surgiu um comunicado que reivindicava a sua primeira ação armada contra o navio “Cunene”, que terá ficado “alagado e imobilizado na doca de Alcântara, em Lisboa”. “Cunene” estava a ser utilizado no serviço de abastecimento das tropas coloniais com armamento e outras mercadorias, e terá sofrido duas grandes explosões, estudadas e decididas no comando central da ARA por Jaime Serra, Francisco Miguel e Raimundo Narciso.A esta ação seguiram-se outras como a destruição, no Porto de Lisboa, de equipamentos destinados ao exército colonialista; a destruição do «Centro Cultural» da Embaixada dos EUA; a destruição da frota de helicópteros da Base Aérea de Tancos; o corte total das comunicações rádio-telegráficas e telefónicas; a destruição de parte do Quartel-General do «Comiberlant», em Oeiras.

Imagem: Manifesto inicial da ARA. ©️DR

Atualidade

Operação Vagô
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
10 de Novembro de 2021
Álvaro Cunhal
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
10 de Novembro de 2021
As Brigadas Revolucionárias realizaram a sua primeira ação armada
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
7 de Novembro de 2021