Sophia de Mello Breyner Andresen

06 Novembro 2021

Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu neste dia 6 de novembro de 1919, no Porto.
Em 1940 publicou os seus primeiros versos nos “Cadernos de Poesia” e, a partir de 1944, dedica-se à literatura. Após ser mãe, escreveu também diversos contos infantis, artigos, ensaios e peças teatrais, evocando temas como a “natureza”, “a cidade”, “o tempo” e “o mar”, recebendo ao longo da sua vida diversas honras e prémios.
Sophia participou ativamente na oposição à ditadura. Em 1968, foi candidata pela oposição Democrática nas eleições legislativas; foi sócia fundadora da Comissão Nacional de Socorro aos Presos Políticos; em 1975 foi candidata à Assembleia Constituinte pelo Partido Socialista.
Sophia de Mello Breyner Andresen faleceu em Lisboa, no dia 2 de julho de 2004.
A sua obra tornou-se intemporal, soando também como uma voz de liberdade e pelos corredores do Museu do Aljube Resistência e Liberdade ecoam alguns dos seus versos.

“Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo”

Atualidade

Revista “O Tempo e o Modo”, nº 73
Em novembro de 1969, #nestedia 28, o número 73 da revista “O Tempo e o Modo”, sob a direção de João Bénard da Costa, marcava o início de uma nova série e de uma nova fase na vida da revista.Surgida em janeiro de 1963, “O Tempo e o Modo”. Revista de Pensamento e Acção” afirmar-se-ia com uma […]
28 de Novembro de 2021
Cheias de 1967
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
28 de Novembro de 2021
Operação Mar Verde
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
21 de Novembro de 2021