Operação Vagô

10 Novembro 2021

Neste dia 10 de novembro de 1961, aconteceu o primeiro assalto e desvio de um avião por motivos políticos, em Portugal.

Descolava de Casablanca, um voo da TAP, com destino a Lisboa. O comandante chamava-se José Marcelino e entre os passageiros estavam: Amândio Silva, Camilo Mortágua, Fernando Vasconcelos, João Martins, Maria Helena Vidal e Hermínio da Palma Inácio. No momento em que o avião se aproximou de Lisboa, Palma Inácio entrou no cockpit, apontou uma pistola à cabeça do comandante e realizou a “Operação Vagô”, lançando sobre Faro, Beja, Setúbal, Barreiro e Lisboa milhares de panfletos denunciando a fraude das eleições para a Assembleia Nacional que teriam lugar nos próximos dias.

Uma estratégia concebida por Henrique Galvão que, em janeiro do mesmo ano, chefiou o grupo que tomou de assalto o paquete “Santa Maria”. “Vagô” tinha sido o nome da personagem principal do livro que escreveu em 1952, na Prisão do Aljube, “Vagô, Romance dos Bichos do Mato”, que foi apreendido e destruído na gráfica, mas que agora daria nome a esta operação.

O avião regressou a Tânger, onde acabou por aterrar em segurança. De volta a Lisboa, o comandante acabou interrogado pela PIDE, suspeito de colaboracionismo. Os assaltantes ficaram retidos em Marrocos cerca de uma semana, antes de serem autorizados a regressar ao Brasil.

Atualidade

Álvaro Cunhal
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
10 de Novembro de 2021
As Brigadas Revolucionárias realizaram a sua primeira ação armada
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
7 de Novembro de 2021
Sophia de Mello Breyner Andresen
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
6 de Novembro de 2021