Leva de presos para a fortaleza de S. João Batista, Angra do Heroísmo, Terceira, Açores. c. 1933. Álbum fotográfico de José Frederico Ferreira da Costa, Museu da República e Maçonaria, Pedrógão Grande

Deportação de 150 presos políticos para a prisão da fortaleza de São João Baptista, Angra do Heroísmo

19 Novembro 2021

#Nestedia 19 de novembro de 1933 são deportados 150 presos políticos para a prisão da fortaleza de São João Baptista em Angra do Heroísmo, nos Açores. Em agosto desse ano, havia sido criada a Polícia de Vigilância e Defesa do Estado (PVDE) e o regime aposta na agudização da repressão para tentar quebrar a resistência. Estes 150 presos, militares e civis oposicionistas, reviralhistas, sindicalistas, anarquistas e comunistas, envolvidos em ações contra a Ditadura, haviam sido julgados e condenados em Tribunal Militar. Vindos do Forte de Peniche, constituíram a primeira leva de prisioneiros a seguir para a fortaleza de São João Baptista desde que esta passara a ser uma prisão da polícia política.

Atualidade

Revista “O Tempo e o Modo”, nº 73
Em novembro de 1969, #nestedia 28, o número 73 da revista “O Tempo e o Modo”, sob a direção de João Bénard da Costa, marcava o início de uma nova série e de uma nova fase na vida da revista.Surgida em janeiro de 1963, “O Tempo e o Modo”. Revista de Pensamento e Acção” afirmar-se-ia com uma […]
28 de Novembro de 2021
Cheias de 1967
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
28 de Novembro de 2021
Operação Mar Verde
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
21 de Novembro de 2021