Amílcar Cabral

Operação Mar Verde

21 Novembro 2021


#Nestedia
 21 de novembro 1970 tinha lugar umas das operações militares mais temerárias e atentatórias do direito internacional por parte do colonialismo português, a Operação Mar Verde.

Marcelo Caetano nomeara para o Comando-chefe das Forças Armadas de Moçambique Kaúlza de Arriaga, um ultra e integrista apostado na intensificação do esforço de guerra e na vitória militar, e para a Guiné-Bissau escolhera António de Spínola. Este último dá luz verde a uma arriscada operação secreta: a invasão da Guiné-Conacri, a deposição de Sekou Touré, a captura de Amílcar Cabral, a libertação de cerca de vinte portugueses ali presos e a destruição de vários objetivos militares.

Violando todas as convenções internacionais, a Operação Mar Verde nunca foi reconhecida por Portugal, não obstante as várias condenações internacionais, nomeadamente na Organização das Nações Unidas.

Atualidade

Revista “O Tempo e o Modo”, nº 73
Em novembro de 1969, #nestedia 28, o número 73 da revista “O Tempo e o Modo”, sob a direção de João Bénard da Costa, marcava o início de uma nova série e de uma nova fase na vida da revista.Surgida em janeiro de 1963, “O Tempo e o Modo”. Revista de Pensamento e Acção” afirmar-se-ia com uma […]
28 de Novembro de 2021
Cheias de 1967
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
28 de Novembro de 2021
Deportação de 150 presos políticos para a prisão da fortaleza de São João Baptista, Angra do Heroísmo
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
19 de Novembro de 2021