Vidas na Resistência – António Paulo e grupo de camponesas que participaram na luta pelas 8 horas de trabalho no Alentejo

05 Dezembro 2018

Hoje, o auditório do Aljube foi mesmo pequeno: para conter tantos interessados (alunos e comunidade) e para registar a sapiência, a ironia e a poesia que saltaram das palavras e do rosto de António Paulo. Com ele estiveram mulheres da Ribeira do Sado que trouxeram a memória viva da dureza do trabalho nos campos de arroz de Alcácer. E também a memória da luta pela conquista das 8 horas nos campos em maio de 1962.

O registo completo em vídeo estará, brevemente, disponível no Centro de Documentação do Museu.

Fotografias: © Museu do Aljube Resistência e Liberdade

Atualidade

Revolta de Fevereiro de 1927
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
2 de Fevereiro de 2023
Encerramento do Campo de Concentração do Tarrafal
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
26 de Janeiro de 2023
Carlos Antunes
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
24 de Janeiro de 2023