Onde vais estar no 25 de Abril de 2024?

JAN – DEZ
O Museu do Aljube Resistência e Liberdade têm preparado para 2024 vasta de comemoração dos 50 anos da revolução do 25 de Abril, que inclui exposições temporárias e itinerantes, ciclo de conversas, teatro, música, e a já conhecida festa “A Liberdade passa por aqui!” nos dias 20 e 21 de abril.
Mais informações

25 de Abril SEMPRE!

4 de abril a 31 de janeiro de 2025
No momento em que celebramos os 50 anos do 25 de Abril, esta exposição convida a refletir sobre o que conquistámos. Uma viagem pelas resistências desde o 25 de Abril de 1974 até aos nossos dias para sonharmos juntos o futuro em democracia.
Mais informações

Visitas Orientadas

JAN – DEZ 2024
Visitas ao museu, onde acolhemos os visitantes e exploramos com interesse a exposição de longa duração e /ou as exposições temporárias. Agora também com Língua Gestual Portuguesa e audiodescrição.
Mais informações

Do anticolonialismo ao antirracismo

À VENDA NA LOJA DO MUSEU
O Museu do Aljube Resistência e Liberdade publicou três roteiros em Lisboa para explorar e descobrir os percursos trilhados pela luta anticolonial e antirracista.
Mais informações
Exposição de longa duração
A exposição de longa duração do Museu apresenta aos visitantes no a história do edifício, a caracterização do regime ditatorial português (1926-1974), os seus meios de repressão e opressão, assim como a resistência das oposições e da luta anticolonial e os movimentos independentistas de libertação, até ao derrube da ditadura e o 25 de Abril de 1974.
Todo o ano
25 de Abril SEMPRE!
Uma viagem pelas resistências desde o 25 de Abril de 74 até aos nossos dias para sonharmos o (presente) futuro em democracia.
4 de Abril de 2024 a 31 de Janeiro de 2025
A Liberdade passou por aqui! – Instalação
Esta instalação resulta dos de murais coletivos orientados por Inês Vieira da Silva e por Nuno Saraiva.
23 de Abril de 2024 a 31 de Agosto de 2025

Museu do Aljube Resistência e Liberdade

Dedicado à história e à memória do combate à ditadura e ao reconhecimento da resistência em prol da liberdade e da democracia.
É um sítio musealizado e um museu histórico que pretende preencher uma lacuna no tecido museológico português, projetando a valorização da memória de luta contra a ditadura na construção de uma cidadania esclarecida e responsável e assumindo a luta contra o silenciamento desculpabilizante, e muitas vezes cúmplice, do regime ditatorial que dirigiu o país entre 1926 e 1974.
Saiba mais sobre o Museu
«Duas peças em Estado Novo»
De Armando Nascimento Rosa e Susannah Finzi Encenação e curadoria de Clara Ploux e Telmo FerreiraDuração: 90 min 18 OUT – SEX, 19H 19 OUT – SÁB, 16H 20 OUT – DOM, 16H
18 a 20 de Outubro de 2024
Ler e ouvir a Revolução: literatura e música no 25 de Abril
As sessões de leitura pública e interpretação musical cruzam literatura e música do período revolucionário, partindo da produção artística portuguesa de 1974 e seguintes anos.
17 de Setembro de 2024 – 18h00
Leia Mulheres sobre Tatiana Salem Levy
O Museu do Aljube volta a acolher a próxima sessão do clube, que é dedicada à autora Tatiana Salem Levy.
21 de Julho de 2024 – 15h00
O Museu do Aljube recolhe memórias testemunhais de resistentes e de ex-presos políticos que passaram pelas cadeias da PIDE, bem como dos seus familiares e da restante comunidade que viveu o período ditatorial, como forma de memorialização das experiências de opressão, de luta e de resistência pela Liberdade e pela Democracia.

EducAljube

Visitas Orientadas
São direcionadas a todos os tipos de público (escolar/não escolar).O agendamento faz-se em função da solicitação, em todos os dias da semana, de segunda a sexta feira e as visitas decorrem de terça a domingo.
Projetos e Atividades
Manter a proximidade e continuidade de trabalho com escolas e outras instituições é um dos grandes objetivos do Serviço Educativo, pelo que se promovem e acolhem-se projetos diversos.
Exposições Itinerantes
Exposições que circulam pelo país (escolas, bibliotecas e outros espaços culturais) prolongando as exposições temporárias que aconteceram no Museu e permitindo que possam ser exploradas em função dos projetos que as acolhem.
18 de Janeiro de 1934
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
18 de Janeiro de 2024
Cheias de 1967
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
26 de Novembro de 2023
Álvaro Cunhal
#nestedia relembra pessoas e acontecimentos de resistência à ditadura e de luta pela liberdade.
10 de Novembro de 2023