Notícias

Museu do Aljube Fora de Portas

8 de Março de 2019

Vidas na Resistência
Com Maria José Ribeiro e alunos da Escola Manuel Laranjeira, em Espinho

– “Como foi, quando encontrou o seu pai, que não conhecia, quando o foi esperar, vindo do Campo do Tarrafal, dezasseis anos depois?”
– “Como nos tivessemos visto no dia anterior, com um grande abraço. (…)”

Respondeu Maria José a uma aluna que a questionou.

– “Depois da vida que nos contou, tão emocionante, o que consegue recomendar-nos a nós, hoje?”
– “Que tenham os olhos e o coração bem abertos ao que se passa à vossa volta. E que desenvolvam sempre o vosso espírito crítico para olhar o mundo, que pensem sempre pela vossa cabeça. (…)”

Respondeu na sua voz doce e firme Maria José.

Foi assim hoje na Manuel Laranjeira, com um diálogo feito de convicção – de quem perguntava e de quem respondia, depois de se ouvir falar da história de vida longa e fértil de Maria José Ribeiro.
Em Espinho, este foi um Dia da Mulher radioso e pleno – mesmo quando eram homens que falavam.

Fotografias: © Museu do Aljube Resistência e Liberdade