“A PIDE no Pinhal Novo”, de José Cabrita

10 de Abril de 2018 - 18h30
Auditório do Museu do Aljube

Nesta obra que se debruça sobre a ação da PIDE, José Cabrita explora o arquivo documental da polícia política, dando voz ainda a vários testemunhos de quem passou pelas prisões do Tarrafal ou de Peniche, bem como dos seus familiares e amigos. O livro constitui uma homenagem aos presos políticos de Pinhal Novo, vítimas, ao longo de 48 anos, dos tormentos da ditadura fascista.

José António Cabrita estudou e ensinou Sociologia, tendo-se dedicado também à investigação de diversos temas, como a cultura caramela e a historiografia de Pinhal Novo.

Por Nuno Teotónio Monteiro e Desidério Macau.

Imagem: Capa do livro, com design de Jorge Ferreira, sobre fotografia de Maurício Abreu.

Outros eventos

Teatro – Amores na Clandestinidade [Online]
Este trabalho de teatro documental analisa as relações afetivas e familiares através de entrevistas feitas às pessoas que participaram na luta antifascista em Portugal, assim como aos seus filhos que cresceram acompanhando os seus pais e, muitas vezes, na ausência destes. Espectáculo Gratuito, gravado no Museu do Aljube. Transmissão Online.
16 a 21 de Abril de 2021
Coragem Hoje, Abraços Amanhã
Venha connosco celebrar o mês de abril! Inscrições para as atividades obrigatórias, mediante os limites impostos pelas medidas da DGS.
8 a 30 de Abril de 2021
Há 50 anos: Julgamento de Joaquim Pinto de Andrade, nacionalista angolano – Conversa Online
No ano em que se assinala os 50 anos do julgamento de Joaquim Pinto de Andrade, o Museu do Aljube Resistência e Liberdade junta-se a Diana Andringa, Ferreira Fernandes, Mário Brochado Coelho, Adolfo Maria e Ondjaki, para uma conversa que será transmitida online, dia 30 de março às 15h.
30 de Março de 2021 - 15h00
Visita Orientada Mensal
SESSÃO ADIADA
30 de Janeiro de 2021 - 10h00