Abril no Museu do Aljube

13 a 27 de Abril de 2019
Museu do Aljube

Em Abril, evocamos no Museu os resistentes e os libertadores, na sua dupla condição de lutadores pela liberdade, e de mulheres e de homens comuns que insistem em rememorar o seu tempo como o tempo de todos os homens – porque para todos eles e elas quase tudo mudou com a Revolução de Abril, menos a sua profunda convicção de que a Liberdade é um bem precioso que se conquista todos os dias – ontem na luta contra a Ditadura, hoje e amanhã na aspiração contínua pelo aperfeiçoamento da Democracia. Por isso, no Museu do Aljube, Abril é de todos.

PROGRAMA

28 e 30 Março;

14h30; 15h

e s c a v a ç ã o

Instalação em dança de Sofia Ó

3 Abril, 6 Abril, 11 Abril e 25 Abril

14h; 10h30; 14h30; 15h

e s c a v a ç ã o

Instalação em dança de Sofia Ó

9 de Abril

18h30

Livros no Aljube

A Candidatura de Arlindo Vicente nas “Eleições” de 1958
de João Alves Falcato

13 de Abril

17h – 20h

Em Abril Conversas Mil – Dois Museus, Um Pátio Comum

11h – 12h

Hora do Conto – «O Aljube a Contar Histórias»
Com Paulo Condessa

16 de Abril

18h30

Livros no Aljube

Esquecidos em Abril – Os Mortos da Revolução Sem Sangue
de Fábio Monteiro

17 de Abril

11h – 12:30h

Corrida Liberdade

Apresentação à Imprensa

11h

Exposição de Fotografia

de Manuel Brito

Campanha de dinamização do MFA

23 de Abril

11h – 12:30h; 15h-16:30h

Pelos Caminhos da Memória de Abril
Peddy-paper para crianças e jovens
Com Francisco Ruivo e Judite Álvares

23, 24 e 25 de Abril

Cravos Como Balas
Instalação

24 de Abril

16h

Vidas Prisionáveis
Com Isabel do Carmo

19h – 20h30

«O Dia em que a Tortura Acabou»
Documentário World in Action, gravado pela Granada Television International

Seguido de debate

25 de Abril

10h – 18h

Dias da Memória
Recolha de testemunhos e de objetos para enriquecer a coleção do Museu do Aljube

10h30 – 12h

Hora do Conto – «O ALJUBE A CONTAR HISTÓRIAS»
Com Paulo Condessa

10h30; 15h

Visitas Encenadas

Com o Grupo de Teatro de Carnide

16h-17h

Músicas de Abril
Com Márcio Pinto na marimba, acompanhado por Catarina Anacleto no violoncelo

18h30

Sophia de Mello Breyner – Uma Voz de Abril
Poesia dita por Gracinda Nave, actriz
Com a colaboração literária de Carla Bolito

27 de Abril

10h30

Visita Orientada Às Exposições do Museu
Com Luís Farinha

 

Programa completo

Outros eventos

«Duas peças em Estado Novo»
De Armando Nascimento Rosa e Susannah Finzi Encenação e curadoria de Clara Ploux e Telmo FerreiraDuração: 90 min 18 OUT – SEX, 19H 19 OUT – SÁB, 16H 20 OUT – DOM, 16H
18 a 20 de Outubro de 2024
Ler e ouvir a Revolução: literatura e música no 25 de Abril
As sessões de leitura pública e interpretação musical cruzam literatura e música do período revolucionário, partindo da produção artística portuguesa de 1974 e seguintes anos.
17 de Setembro de 2024 - 18h00
Itinerário “Adeus Pátria e Família”
Um percurso por Lisboa a lugares emblemáticos de resistência e ocupação das pessoas LGBTQIAP+, durante a ditadura e até aos dias de hoje.
28 de Junho de 2024 - 10h30
Sombras Andantes
Sombras Andantes é um espetáculo de André Murraças sobre a relação do Estado Novo com os homossexuais.
21 a 23 de Junho de 2024