Alípio de Freitas

20 de Fevereiro de 2018 - 18h30
Auditório do Museu do Aljube

Resistir é Preciso, memória do tempo da morte civil no Brasil, de Alípio de Freitas.
Lisboa, Âncora Editora, 2017

Alípio de Freitas. Palavras de amigos, de Reinaldo Ribeiro e Guadalupe Portelinha (orgs.)
S.l., Edições Pangeia, 2017

Apresentação de João Madeira, Amândio Silva e Guadalupe Portelinha.

Canto e música para Alípio de Freitas
Luanda Cozetti e Norton Daiello – couple coffee duo – e Francisco Fanhais.

Outros eventos

«Duas peças em Estado Novo»
De Armando Nascimento Rosa e Susannah Finzi Encenação e curadoria de Clara Ploux e Telmo FerreiraDuração: 90 min 18 OUT – SEX, 19H 19 OUT – SÁB, 16H 20 OUT – DOM, 16H
18 a 20 de Outubro de 2024
Ler e ouvir a Revolução: literatura e música no 25 de Abril
As sessões de leitura pública e interpretação musical cruzam literatura e música do período revolucionário, partindo da produção artística portuguesa de 1974 e seguintes anos.
17 de Setembro de 2024 - 18h00
Leia Mulheres sobre Tatiana Salem Levy
O Museu do Aljube volta a acolher a próxima sessão do clube, que é dedicada à autora Tatiana Salem Levy.
21 de Julho de 2024 - 15h00
Itinerário “Adeus Pátria e Família”
Um percurso por Lisboa a lugares emblemáticos de resistência e ocupação das pessoas LGBTQIAP+, durante a ditadura e até aos dias de hoje.
19 de Julho de 2024 - 10h30