Cinema no Museu do Aljube – Susana Sousa Dias

29 de Janeiro a 19 de Fevereiro de 2020
Auditório do Museu do Aljube
Susana Sousa Dias

Neste Ciclo damos a conhecer 3 filmes que abordam transversalmente a Ditadura e a tortura a presos políticos. À apresentação dos filmes seguir-se-à uma conversa com os “protagonistas” e outros intervenientes que viveram situações semelhantes.

É já no dia 29 de janeiro que iniciamos o Ciclo de Cinema de Susana Sousa Dias, com o filme “Natureza Morta”. Um filme onde está patente, em imagens, todo o Portugal da Ditadura, pondo em evidência um acervo documental inesperadamente desconhecido sobre o fascismo portugês.
Um convite para ver o filme e falar com o produtor, Ansgar Schaefer e Susana Sousa Dias, a realizadora.

Dia 05 de fevereiro continuamos o Ciclo com o filme “48”. Contamos com a presença da realizadora e de dois dos “protagonistas”, Domingos Abrantes e Conceição Matos.


PROGRAMA

29 janeiro – quarta, 16h
“Natureza Morta”
Documentário, 2005, 72’

05 fevereiro – quarta, 16h
“48”
Documentário, 2009, 93’

Sessão de dia 19 Esgotada

19 fevereiro – quarta, 16h
Luz Obscura
Documentário, 2017, 76’


Inscrições obrigatórias e mediante os lugares existentes.

Outros eventos

Visita Orientada Mensal
SESSÃO ADIADA
30 de Janeiro de 2021 - 10h00
Com Garras e Dentes – Fábulas de Animais Livres e Resistentes
SESSÃO ADIADA
17 de Janeiro a 11 de Julho de 2021
Pedro Letria e Paulo Catrica conversam com Armindo Cardoso
Os fotógrafos Pedro Letria e Paulo Catrica conversam com Armindo Cardoso sobre a exposição temporária “Os Olhos da Memória”, a sua vida em Portugal, em Paris e no Chile e de tudo isso na sua fotografia.
13 de Janeiro de 2021 - 18h30
«Projectar a ordem – Cinema do Povo e propaganda salazarista», de Maria do Carmo Piçarra
A apresentação do livro será feita pela realizadora e professora universitária Susana de Sousa Dias. As inscrições são obrigatórias e limitadas aos lugares existentes no auditório.
10 de Dezembro de 2020 - 18h00