Lisboa Operária III

20 de Outubro de 2018 - 14h30


Imagem: Sociedade Nacional de Sabões, Marvila, anos 50 do séc XX.

Visita conduzida pelas zonas operárias de Chelas, Beato, Xabregas e Marvila
por RAIMUNDO SANTOS

Prosseguimos o Ciclo Lisboa a partir do Aljube, com Lisboa Operária III. As duas primeiras visitas realizaram-se , uma à zona operária da Graça e Castelo e outra à zona do Benformoso e Intendente.

Na Lisboa Oriental da segunda metade do séc. XX, os palacetes da realeza e as quintas nobres tinham sido literalmente engolidos pelo mundo das grandes fábricas e armazéns que bordejavam o Tejo e subiam pelos vales até às Olaias e ao Areeiro.

Nessa Lisboa industrial, percorrida pelo caminho-de-ferro e com o Tejo ali ao lado, instalou-se uma numerosa população industrial que fez crescer pátios e bairros operários, com uma intensa vida cultural e associativa.

20 outubro 2018 − sábado, 14h30-18h00
Ponto de encontro: 14h, Sta. Apolónia, frente ao Museu Militar

Custo do transporte: 10,00€
Inscrições: até 18 de outubro pelo telefone 215 818 535.
Necessário pagamento prévio e envio de comprovativo para o email info@museudoaljube.pt

Outros eventos

«Duas peças em Estado Novo»
De Armando Nascimento Rosa e Susannah Finzi Encenação e curadoria de Clara Ploux e Telmo FerreiraDuração: 90 min 18 OUT – SEX, 19H 19 OUT – SÁB, 16H 20 OUT – DOM, 16H
18 a 20 de Outubro de 2024
Ler e ouvir a Revolução: literatura e música no 25 de Abril
As sessões de leitura pública e interpretação musical cruzam literatura e música do período revolucionário, partindo da produção artística portuguesa de 1974 e seguintes anos.
17 de Setembro de 2024 - 18h00
Itinerário “Adeus Pátria e Família”
Um percurso por Lisboa a lugares emblemáticos de resistência e ocupação das pessoas LGBTQIAP+, durante a ditadura e até aos dias de hoje.
28 de Junho de 2024 - 10h30
Orgulho e Liberdade
Fundado em 2017, o Alarido - Coro Feminista e LGBT canta arranjos de canções pop, para mostrar que o ativismo feminista e LGBT se pode fazer também através da música - e sempre a muitas vozes.
27 de Junho de 2024 - 19h00