“Histórias do Pátio do Aljube” – Uma criação do Teatro do Vestido – ESGOTADO

4 a 7 de Março de 2020
Auditório do Museu do Aljube
Imagem: Em Abril Conversas Mil Dois Museus, Um Pátio Comum, Joana Craveiro 12.04.2018.

O Museu do Aljube – Resistência e Liberdade endereçou em 2018 um convite para que o Teatro do Vestido pudesse trabalhar na recolha das memórias e histórias do pátio nas traseiras da antiga cadeia. Saber como se relacionavam estes moradores com a proximidade de uma prisão política e com os próprios presos, foi por isso o ponto de partida para uma pesquisa que se desenvolveu no local, porta a porta. Face ao desaparecimento das histórias, tragadas pelo actual estado de desertificação e gentrificação da cidade, e particularmente de uma zona como a da Sé, em Lisboa, na qual a maior parte das unidades residenciais foi convertida em alojamento local, este revelou ser um trabalho árduo, frustrante por vezes, de uma reconstituição minuciosa. Por entre as campainhas a que tocámos, os arquivos que consultámos, as pessoas a que acenámos de umas janelas para outras, pensamos ter conseguido recolher algumas das últimas memórias vivas sobre os que presenciaram o funcionamento da cadeia a partir do seu exterior, bem como as narrativas construídas ao longo dos anos e passadas de geração em geração, sobre o que se passava dentro da cadeia e as célebres fugas tentadas e conseguidas.
O resultado deste trabalho de campo é uma palestra performativa em forma de inquérito detectivesco, escrita por Joana Craveiro, e interpretada por Estêvão Antunes, João Diogo Ferreira e Joana Craveiro.


Direção artística e texto
Joana Craveiro

Interpretação
Estêvão Antunes, Joana Craveiro e João Ferreira

Produção
Alaíde Costa


PROGRAMA
4 março – quarta
, 16h e 21h – SESSÕES ESGOTADAS
6 março – sexta, 16h
SESSÃO ESGOTADA
7 março – sábado, 18h
SESSÃO ESGOTADA


Inscrições obrigatórias e mediante os lugares existentes.

Levantamento dos bilhetes 30 minutos antes do inicio da sessão.

Outros eventos

Teatro – Amores na Clandestinidade [Online]
Este trabalho de teatro documental analisa as relações afetivas e familiares através de entrevistas feitas às pessoas que participaram na luta antifascista em Portugal, assim como aos seus filhos que cresceram acompanhando os seus pais e, muitas vezes, na ausência destes. Espectáculo Gratuito, gravado no Museu do Aljube. Transmissão Online. Inscrições obrigatórias.
16 a 21 de Abril de 2021
Coragem Hoje, Abraços Amanhã
Venha connosco celebrar o mês de abril! Inscrições para as atividades obrigatórias, mediante os limites impostos pelas medidas da DGS.
8 a 30 de Abril de 2021
Há 50 anos: Julgamento de Joaquim Pinto de Andrade, nacionalista angolano – Conversa Online
No ano em que se assinala os 50 anos do julgamento de Joaquim Pinto de Andrade, o Museu do Aljube Resistência e Liberdade junta-se a Diana Andringa, Ferreira Fernandes, Mário Brochado Coelho, Adolfo Maria e Ondjaki, para uma conversa que será transmitida online, dia 30 de março às 15h.
30 de Março de 2021 - 15h00
Visita Orientada Mensal
SESSÃO ADIADA
30 de Janeiro de 2021 - 10h00