“Histórias do Pátio do Aljube” – Uma criação do Teatro do Vestido – ESGOTADO

4 a 7 de Março de 2020
Auditório do Museu do Aljube
Imagem: Em Abril Conversas Mil Dois Museus, Um Pátio Comum, Joana Craveiro 12.04.2018.

O Museu do Aljube – Resistência e Liberdade endereçou em 2018 um convite para que o Teatro do Vestido pudesse trabalhar na recolha das memórias e histórias do pátio nas traseiras da antiga cadeia. Saber como se relacionavam estes moradores com a proximidade de uma prisão política e com os próprios presos, foi por isso o ponto de partida para uma pesquisa que se desenvolveu no local, porta a porta. Face ao desaparecimento das histórias, tragadas pelo actual estado de desertificação e gentrificação da cidade, e particularmente de uma zona como a da Sé, em Lisboa, na qual a maior parte das unidades residenciais foi convertida em alojamento local, este revelou ser um trabalho árduo, frustrante por vezes, de uma reconstituição minuciosa. Por entre as campainhas a que tocámos, os arquivos que consultámos, as pessoas a que acenámos de umas janelas para outras, pensamos ter conseguido recolher algumas das últimas memórias vivas sobre os que presenciaram o funcionamento da cadeia a partir do seu exterior, bem como as narrativas construídas ao longo dos anos e passadas de geração em geração, sobre o que se passava dentro da cadeia e as célebres fugas tentadas e conseguidas.
O resultado deste trabalho de campo é uma palestra performativa em forma de inquérito detectivesco, escrita por Joana Craveiro, e interpretada por Estêvão Antunes, João Diogo Ferreira e Joana Craveiro.


Direção artística e texto
Joana Craveiro

Interpretação
Estêvão Antunes, Joana Craveiro e João Ferreira

Produção
Alaíde Costa


PROGRAMA
4 março – quarta
, 16h e 21h – SESSÕES ESGOTADAS
6 março – sexta, 16h
SESSÃO ESGOTADA
7 março – sábado, 18h
SESSÃO ESGOTADA


Inscrições obrigatórias e mediante os lugares existentes.

Levantamento dos bilhetes 30 minutos antes do inicio da sessão.

Outros eventos

Apresentação livro “Não se deixem enganar!”
Uma homenagem à geração de pais e mães nascidos nos anos 30 do século XX que, sem procurarem um lugar na história, protagonismo político ou de qualquer outra espécie, nunca se resignaram, arriscaram a vida, passaram pela prisão, exilaram-se e foram perseguidos para que nós possamos viver hoje num país melhor. 
25 de Fevereiro de 2023 - 15h00
Visita o Aljube!
A Visita Orientada do mês de fevereiro à exposição longa duração do Museu do Aljube Resistência e Liberdade.
25 de Fevereiro de 2023 - 10h30
Visita o Aljube!
A Visita Orientada do mês de Janeiro à exposição longa duração do Museu do Aljube Resistência e Liberdade.
28 de Janeiro de 2023 - 10h30
Estudantes contra a ditadura – as prisões de 1964 e 1965
No próximo dia 21 de Janeiro, pelas 15h, o Museu do Aljube evocará a resistência destes estudantes, realizando uma conversa com a participação de antigos estudantes e os historiadores Luís Farinha e Luísa Tiago de Oliveira.
21 de Janeiro de 2023 - 15h00