Resistências.Doc

27 de Novembro a 12 de Dezembro de 2020
Auditório do Museu do Aljube

27 de NOVEMBRO – 14h

Codinome. Clemente

Isa Albuquerque / Brasil / 100′ / Documentário / 2018

Sinopse

Aos 16 anos, Carlos Eugênio Paz ingressou na luta armada contra a ditadura no Brasil. Agora, aos 59 anos, ele conta sua história em Codinome: Clemente.

 Fonte: http://sad.ancine.gov.br

Exibição do filme «Codinome. Clemente» de Isa Albuquerque e conversa com a realizadora.

A conversa será partilhada, nos dias seguintes, a partir do Facebook oficial do Museu.

12 de DEZEMBRO – 15hADIADO

Torre das Donzelas

Susanna Lira / Brasil / 97′ / Documentário / 2018

Sinopse

Há desejos que nem a prisão e nem a tortura inibem: liberdade e justiça. Há razões que nos mantêm íntegros mesmo em situações extremas de dor e humilhação: a amizade e a solidariedade. O filme traz relatos inéditos da ex-presidente Dilma Rousseff e de suas ex-companheiras de cela do Presídio Tiradentes, em São Paulo, resultando em um exercício coletivo de memória feito por mulheres que acreditam que resistir ainda é um único modo de se manter livre.

 Fonte:​ http://www.festivaldorio.com.br/br/filmes/torre-das-donzelas

Exibição do Filme “Torre das Donzelas” de Susana Lira e conversa com a diretora.

A conversa será partilhada, nos dias seguintes, a partir do Facebook oficial do Museu.

Devido à pandemia, a lotação presencial é limitada. A entrada é gratuita, mediante inscrição obrigatória para: info@museudoaljube.pt.

Outros eventos

Inauguração Exposição Temporária – Mulheres e Resistência – Novas Cartas Portuguesas e outras lutas
A partir das 12h poderá visitar a nova exposição temporária patente no piso 0 do museu, antigo parlatório da cadeia do Aljube.
6 de Maio de 2021 - 12h00
Teatro – Rascunhos: Memórias de uma Falsificadora
Joaquim Horta adapta ao teatro o livro de Margarida Tengarrinha Memórias de Uma Falsificadora – A Luta na Clandestinidade pela Liberdad em Portugal, que conta como a autora usou a sua habilidade de artista plástica e estudante de Belas Artes ao serviço da falsificação de documentos, garantindo o trabalho dos resistentes à ditadura de Salazar. Espectáculo esgotado
26 a 30 de Abril de 2021
Teatro – Amores na Clandestinidade [Online]
Este trabalho de teatro documental analisa as relações afetivas e familiares através de entrevistas feitas às pessoas que participaram na luta antifascista em Portugal, assim como aos seus filhos que cresceram acompanhando os seus pais e, muitas vezes, na ausência destes. Espectáculo Gratuito, gravado no Museu do Aljube. Transmissão Online. Inscrições obrigatórias.
16 a 21 de Abril de 2021
Coragem Hoje, Abraços Amanhã
Venha connosco celebrar o mês de abril! Inscrições para as atividades obrigatórias, mediante os limites impostos pelas medidas da DGS.
8 a 30 de Abril de 2021