CICLO CINEMA | Independência (105’), Fradique, 2015

28 de Janeiro de 2022 - 15h30

Um breve panorama da multiplicidade de abordagens cinematográficas à guerra colonial portuguesa. Um documentário dá acesso a memórias de quem em Angola esteve do outro lado da guerra que a exposição Guerra Guardada aborda. A essa produção angolana recente, juntam-se duas produções portuguesas com mais de 10 anos. Um documentário para televisão sobre a circulação de mensagens de e para soldados nos diferentes territórios, e uma curta de ficção remetendo para impactos sociais da guerra através da cultura popular, que estreou em sala.

28 de janeiro, 15h30
Independência (105’), Fradique, 2016

Depois de mais de 40 anos, este documentário procura revelar e encontrar o passado em mapas, fotos, documentos, jornais, cartas e, acima de tudo, em memórias ainda vivas. O seu ponto de vista é o da geração que participou na luta de libertação de Angola, e que partilha connosco as suas memórias. Com os pés bem assentes no presente, este filme de produção angolana olha para trás e pergunta-se “Que memória resta da nossa luta?”

  • info: https://geracao-80.com/independencia
    trailer: https://vimeo.com/independenciafilme/trailer

Sujeita à lotação da sala
Inscrição obrigatória para: inscricoes@museudoaljube.pt

Outros eventos

O que falta fazer?
"O que falta fazer?" é o tema da última conversa do ciclo em torno da exposição "Adeus Pátria e Família" com a participação de Ana Aresta, Manuela Ferreira e Paulo Corte Real.
12 de Janeiro de 2023 - 18h00
MULHERES DO MEU PAÍS de Raquel Freire
Em Janeiro, exibimos o filme "Mulheres do Meu País" de Raquel Freire, inserido no ciclo de cinema da programação paralela da exposição “Adeus Pátria e Familia”. Um retrato plural e multiforme das mulheres que habitam o nosso país.
5 de Janeiro de 2023 - 19h00
Visita o Aljube!
A Visita Orientada do mês de Novembro à exposição longa duração do Museu do Aljube Resistência e Liberdade.
26 de Novembro de 2022 - 10h30
Lançamento do livro “Autoritarismos no Brasil: O olhar de dez realizadoras brasileiras contemporâneas”
A autora, curadora e crítica de cinema brasileira Lídia Mello, juntamente com a Editora Outro Modo/Le Monde Diplomatique/PT convidam para o lançamento do livro Autoritarismos no Brasil: O olhar de dez realizadoras brasileiras contemporâneas.
22 de Novembro de 2022 - 18h00