Maria José Ribeiro

8 de Março de 2019 - 11h00
Auditório da Escola Secundária Manuel Laranjeira, Espinho
Maria José Ribeiro.

No próximo dia 8 de março «Vidas na Resistência» é um «Aljube fora de Portas». Porque vamos ao Norte.

Deixamos o Aljube de Lisboa e vamos conversar com Maria José Ribeiro, uma promotora entusiasta da valorização da memória do Aljube do Porto.
A conversa ocorrerá ali muito perto, na Escola Manuel Laranjeira, em Espinho, onde o público são os alunos da Escola e todos aqueles que quiserem juntar-se-nos.
Maria José Ribeiro é filha de um resistente da Revolta dos Marinheiros de 1936 e ela própria uma resistente enquanto jovem trabalhadora, presa pela polícia política na sequência da campanha à Presidência da República do General Humberto Delgado.

 

Auditório da Escola Secundária Manuel Laranjeira, Espinho

11h00
Apresentação breve do Museu do Aljube
Por Judite Álvares


11h15

Testemunho ao vivo de Maria José Ribeiro
Conversa conduzida por Luís Farinha

Outros eventos

«Duas peças em Estado Novo»
De Armando Nascimento Rosa e Susannah Finzi Encenação e curadoria de Clara Ploux e Telmo FerreiraDuração: 90 min 18 OUT – SEX, 19H 19 OUT – SÁB, 16H 20 OUT – DOM, 16H
18 a 20 de Outubro de 2024
Ler e ouvir a Revolução: literatura e música no 25 de Abril
As sessões de leitura pública e interpretação musical cruzam literatura e música do período revolucionário, partindo da produção artística portuguesa de 1974 e seguintes anos.
17 de Setembro de 2024 - 18h00
II Congresso de História Pública em Portugal
O objetivo do II Congresso de História Pública em Portugal: Usos do Passado nos 50 Anos da Revolução dos Cravos é analisar a evolução dos usos do passado desde 1974, destacando o que se oculta e desoculta na esfera pública.
6 a 7 de Junho de 2024
Universidade sem Exames
O grupo Universidade sem Exames resolveu tomar a iniciativa de criar um programa de ensino não académico, inicialmente com filosofia e economia (em Outubro haverá História), no sentido de dar alguns instrumentos de conhecimento e pensamento crítico, necessários a todos nós, neste momento de panorama político tão complexo.
31 de Maio de 2024 - 15h00