Os Clandestinos

29 de Setembro de 2018 - 14h00


Fotografia: José Frade

Um convite para visitarmos casas clandestinas ainda hoje existentes: locais onde homens e mulheres nos contam a sua vida sobressaltada e as suas histórias de resistência. Aí se organizava a luta, se escondia um companheiro fugitivo ou se fazia o jornal e a folha informativa que depois chegava, inesperadamente, por baixo da porta ou pela mala da escola.

Eram “casas normais” que ainda hoje constituem marcas da resistência antifascista.

Coordenação de Vanessa Almeida.

Hora: 14h00-18h00
Ponto de encontro: 13h45, porta principal do Jardim Zoológico
Ponto de chegada: aprox.: 18h30, porta principal do Jardim Zoológico

Percurso em autocarro e a pé ligando 4 polos de casas clandestinas na cidade de Lisboa: R. da Beneficência, R. dos Lusíadas (S. Amaro), Ajuda e Pedrouços.

Com testemunhos vivos de Adelino Silva e Domingos Abrantes.

Custo do transporte: 8,00€
Inscrições: até 27 de setembro pelo telefone 215 818 535.
Necessário pagamento prévio e envio de comprovativo para o email info@museudoaljube.pt

Ciclo Lisboa a Partir do Aljube

Outros eventos

«Duas peças em Estado Novo»
De Armando Nascimento Rosa e Susannah Finzi Encenação e curadoria de Clara Ploux e Telmo FerreiraDuração: 90 min 18 OUT – SEX, 19H 19 OUT – SÁB, 16H 20 OUT – DOM, 16H
18 a 20 de Outubro de 2024
Ler e ouvir a Revolução: literatura e música no 25 de Abril
As sessões de leitura pública e interpretação musical cruzam literatura e música do período revolucionário, partindo da produção artística portuguesa de 1974 e seguintes anos.
17 de Setembro de 2024 - 18h00
Itinerário “Adeus Pátria e Família”
Um percurso por Lisboa a lugares emblemáticos de resistência e ocupação das pessoas LGBTQIAP+, durante a ditadura e até aos dias de hoje.
28 de Junho de 2024 - 10h30
Sombras Andantes
Sombras Andantes é um espetáculo de André Murraças sobre a relação do Estado Novo com os homossexuais.
21 a 23 de Junho de 2024