Revolução e cultura

15 de Setembro de 2022 - 18h00
AUDITÓRIO DO MUSEU DO ALJUBE

Com Sónia Vespeira de Almeida e Mário de Carvalho    

Biografias

Sónia Vespeira de Almeida (Lisboa, 1973) é antropóloga e Professora Auxiliar no Departamento de Antropologia – FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Investigadora integrada do Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA) e Vice-Presidente desta Unidade de Investigação, obteve o seu doutoramento no ISCTE-IUL (2008) com uma investigação sobre as Campanhas de Dinamização e Ação Cívica do MFA.
Atualmente desenvolve pesquisa sobre práticas artísticas contemporâneas e arquivos etnográficos. Em 2008 foi galardoada com a menção honrosa no âmbito do Prémio Victor de Sá de História Contemporânea

Mário de Carvalho (Lisboa, 1944) licenciou-se em Direito e viu o serviço militar interrompido pela prisão. Desde muito cedo ligado aos meios da resistência contra o salazarismo, foi condenado a dois anos de cadeia, tendo de se exilar após cumprir a maior parte da pena.
Nas diversas modalidades de Romance, Conto, Crónica e Teatro, foram atribuídos a Mário de Carvalho os prémios literários mais prestigiados (Grandes Prémios de Romance e Novela, Conto e Teatro da APE, o prémio do Pen Clube Português e o prémio internacional Pégaso de Literatura). Em 2020, foi distinguido com o Grande Prémio da Crónica e Dispersos Literários, da APE, pela obra O que Eu Ouvi na Barrica das Maçãs.
Publicou obras como Os Alferes, A Inaudita Guerra da Avenida Gago Coutinho, Um Deus Passeando pela Brisa da Tarde, O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel, Era bom que trocássemos umas ideias sobre o assunto, A Liberdade de Pátio ou Epítome de Pecados e Tentações.

Sujeita à lotação da sala.
Inscrições para: inscricoes@museudoaljube.pt

Outros eventos

Revolução e o que ficou. As conquistas revolucionárias.
A propósito das Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, iremos promover um ciclo de conversas "E se trocássemos umas ideias sobre a Revolução?". Nesta sessão contamos com Maria Inácia Rezola para uma conversa sobre "Revolução e o que ficou. As conquistas revolucionárias.".
10 de Novembro de 2022 - 18h00
Revolução, géneros e sexualidade
A propósito das Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, iremos promover um ciclo de conversas "E se trocássemos umas ideias sobre a Revolução?". Nesta sessão contamos com Raquel Afonso e Isabel Freire para conversa sobre "Revolução, géneros e sexualidade".
13 de Outubro de 2022 - 18h00
Sombras Andantes
Sombras Andantes é um espetáculo de André Murraças sobre a relação do Estado Novo com os homossexuais, inserido na programação paralela da exposição temporária “Adeus Pátria e Família”.
23 de Setembro a 01 de Outubro de 2022