Revolução e Disputas da Memória

17 de Março de 2022 - 18h00
AUDITÓRIO DO MUSEU DO ALJUBE

com Paula Godinho e Manuel Loff

Biografias

Paula Godinho (Lisboa, 1960) é Professora no Departamento de Antropologia da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-NOVA) e investigadora no Instituto de História Contemporânea. Fundadora da Red(e) Ibero-Americana Resistência e/y Memória e membro do grupo de trabalho CLACSO “Izquierdas: praxis y transformación social” (2019-2022). Autora e coautora de obras como Memórias da Resistência Rural no Sul (Couço, 1958-1962); Ouvir o Galo Cantar Duas Vezes – Identificações locais, culturas de orla e construção de nações na fronteira entre Portugal e a Galiza; O futuro é para sempre – Experiência, expectativa e práticas possíveis; Gente Comum – Uma história na PIDE, de (com Aurora Rodrigues e António Monteiro Cardoso); Quando a história acelera: resistências e movimentos sociais (com João Carlos Louçã) ou Cambedo da Raia. Solidariedade Galego-Portuguesa Silenciada.

Manuel Loff é Doutor em História e Civilização pelo Instituto Universitário Europeu (Florença), Professor Associado no Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais da Universidade do Porto e investigador do Instituto de História Contemporânea e do Centre d’Estudis sobre Dictadures i Democràcias (CEDID, UAB).
Dedica-se ao estudo do fascismo e do neofascismo, do colonialismo, da resistência e da Revolução portuguesa. Investiga ainda sobre a construção social da memória da opressão ou das experiências da sua superação.
Colonista do jornal Público, é autor de “O nosso século é fascista!” O mundo visto por Salazar e Franco (1936-1945) e coordenador de Ditaduras e Revolução. Democracia e políticas da memória com Filipe Piedade e Luciana Castro Soutelo.

Sujeita à lotação da sala.
Inscrições para: inscricoes@museudoaljube.pt

Outros eventos

Visita o Aljube!
A Visita Orientada do mês de Janeiro à exposição longa duração do Museu do Aljube Resistência e Liberdade.
28 de Janeiro de 2023 - 10h30
Estudantes contra a ditadura – as prisões de 1964 e 1965
No próximo dia 21 de Janeiro, pelas 15h, o Museu do Aljube evocará a resistência destes estudantes, realizando uma conversa com a participação de antigos estudantes e os historiadores Luís Farinha e Luísa Tiago de Oliveira.
21 de Janeiro de 2023 - 15h00
Digo às companheiras que aqui estão
Uma sessão de cinema com debate a partir do filme brasileiro "Digo às companheiras que aqui estão".
20 de Janeiro de 2023 - 18h00
Visita Orientada por Raquel Freire
Inserida na programação paralela da exposição "Adeus Pátria e Família" , Raquel Freire irá realizar uma visita orientada à exposição temporária "Adeus Pátria e Família".
17 de Janeiro de 2023 - 18h00