“Sob a custódia do Amor”, de Castro Guedes

26 a 27 de Outubro de 2018
Auditório do Museu do Aljube


Imagem: Fotografias de José Frade.

OUTUBRO 2018
26 − sexta, 16h
26 − sexta, 21h
27 − sábado, 21h

Auditório do Museu do Aljube

Versão Teatral do Texto e Encenação de CASTRO GUEDES
A partir da novela E SE FOR RAPARIGA CHAMA-SE CUSTÓDIA de LUÍS DE STTAU MONTEIRO
Interpretação de FÁBIO VAZ e PAULO LAGES

“Neste texto o que mais surpreende é o lado doce que rompe e transborda as grades de uma prisão, mesmo quando elas nos apertam os sentidos e o coração. A ideia de um diálogo (em novela) com que o sarcástico Sttau Monteiro nos brinda, nesta pequena jóia literária de ternuras, poder passar a um breve momento teatral era-me antiquíssima. Tive a buena dicha de ser acolhida entusiasticamente num Museu mais do que simbólico para isso e um director dinâmico, culto e cooperante que, sem eu saber, já tinha a ideia de ir homenagear Sttau Monteiro. O mais foi relativamente fácil: bastou tornar pensamentos em falas e cruzar momentos diferenciados, atrevendo-me a fazer um ou outro pequeno corte (uma coisa é literatura, outra o diálogo teatral) e introduzir a localização explícita de tempos e espaços: uma prisão política na ditadura, um mundo mais rural e outro mais cosmopolita, duas gerações e a resiliência constituída em parte da própria.”
Resistência. E se for luta é-a sob a custódia do Amor…”
Castro Guedes, Versão Teatral do Texto e Encenação. Julho de 2017

Sob a custódia do Amor

Outros eventos

FILME “Olhares sobre o Racismo”
No dia 21 de março comemoramos o dia internacional contra a discriminação racial com uma sessão de cinema e conversa integrada na programação paralela da exposição ATO (DES)COLONIAL.
21 de Março de 2022 - 18h30
“A Guerra Guardada” – Visita Orientada com Aniceto Afonso
Uma visita à exposição "A Guerra Guardada – Fotografias de Soldados Portugueses em Angola, Guiné e Moçambique (1961-74)" com Aniceto Afonso.
16 de Março de 2022 - 16h00
CICLO DE CINEMA | Natal 71 & Deus Não Quis
Dia 25 de fevereiro teremos a segunda sessão do ciclo de cinema integrado na exposição "A Guerra Guardada".
25 de Fevereiro de 2022 - 16h00
Fragmentos do espetáculo Corpo Suspenso, Rita Neves
Inserido na programação paralela da exposição "A Guerra Guardada", recebemos os "Fragmentos do espetáculo Corpo Suspenso" de Rita Neves, seguido de conversa.
19 de Fevereiro de 2022 - 16h00