© Estelle Valente/Teatro São Luiz

Teatro – Rascunhos: Memórias de uma Falsificadora

26 a 30 de Abril de 2021
Museu do Aljube Resistência e Liberdade

Joaquim Horta adapta ao teatro o livro de Margarida Tengarrinha Memórias de Uma Falsificadora – A Luta na Clandestinidade pela Liberdad em Portugal, que conta como a autora usou a sua habilidade de artista plástica e estudante de Belas Artes ao serviço da falsificação de documentos, garantindo o trabalho dos resistentes à ditadura de Salazar.
A vontade de adaptar Memórias de Uma Falsificadora parte de uma frase escrita por Margarida Tengarrinha no seu livro: “Quando leio relatos de vários camaradas, que já foram publicados, constato que falam de factos políticos importantes, momentos altos e heróicos da luta, mas nunca abordam estas questões do quotidiano que nós, mulheres, vivemos pacientemente. Será que foi menos heróico aquele nosso dia-a-dia desgastante e obscuro?”
É pensando num retrato do quotidiano no período entre 1948 a 1974 que o ator e encenador parte para este novo espetáculo, usando as palavras e ideias de Margarida Tengarrinha.

Ficha Artística
Encenação: Joaquim Horta
Interpretação: Catarina Requeijo
Fotografias: Estelle Valente/Teatro São Luiz

Outros eventos

Com Garras e Dentes – Fábulas de Animais Livres e Resistentes
Nas segundas manhãs de domingo de cada mês, programação para os mais novos e famílias, fiquem atentos! Duração: 50 minutos Inscrições: inscricoes@museudoaljube.pt Sujeito a lotação do espaço
16 de Maio a 14 de Novembro de 2021
Ciclo de Cinema
Programação paralela à Exposição Temporária • Mulheres e Resistência – Novas Cartas Portuguesas e outras lutas Pré-inscrição obrigatória: inscricoes@museudoaljube.pt Entrada livre, sujeita à lotação da sala
13 de Maio a 14 de Outubro de 2021
Inauguração Exposição Temporária – Mulheres e Resistência – Novas Cartas Portuguesas e outras lutas
A partir das 12h poderá visitar a nova exposição temporária patente no piso 0 do museu, antigo parlatório da cadeia do Aljube.
6 de Maio de 2021 - 12h00